IDEIAS

THELIRANTES

O MOVIMENTO DO SAMBA FEMININO NAS RUAS CARIOCAS

Atualizado: 7 de Nov de 2018

Moça Prosa comemora seis anos com lançamento do videoclipe Por Ser Mulher, gravado ao vivo na Zona Portuária.


Para comemorar essa trajetória de resistência das mulheres no samba pelas ruas do Rio de Janeiro, o grupo Moça Prosa lançou, em abril de 2018, o videoclipe Por Ser Mulher, música de Luana Rodrigues, Daniel Delavusca e Jack Rocha. Gravado ao vivo na roda em comemoração ao seis anos do grupo Moça Prosa, o videoclipe é dirigido pela cineasta Aline Lourena e produzido pela Agência TheLírios. Todo terceiro sábado do mês, uma tenda multicolorida com mesas cobertas por chitas floridas é montada na praça do Largo São Francisco da Prainha, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Nela, quem dá o tom do xequerê, surdo e agogô, instrumentos tradicionais do samba, são as mulheres. Há seis anos, as rodas de samba do Moça Prosa, mostra sua potência na cadência do ritmo, no canto, na dança e na palma da mão, que o lugar da mulher é na rua, é no samba, é onde ela quiser.


A RODA DE SAMBA DO MOÇA PROSA

Taina Brito (surdo), Fabíola Machado (voz e percussão), Jack Rocha (voz e percussão) , Karina Isabelle (pandeiro e cuíca), Luana Rodrigues (tantã), Ana Priscila (percussão) e Dani Andrade (percussão).

Moça Prosa é uma roda de samba de MULHERES que nasceu de uma oficina na Pedra do sal, criada por Wagner Silveira em 2012. A primeira roda de mulheres nasceu na Pedra do Sal e se estabeleceu na região portuária do RJ e hoje se mantém produzida, idealizada, pensada, construída e tocada por mãos femininas, na rua. Sua origem está ligada a um dos espaços mais catárticos da história do samba na cidade do Rio de Janeiro: a Pedra do Sal, região antes portuária por onde muitos navios negreiros atracaram e que tornou-se símbolo da resistência afro-brasileira e palco de diversas rodas de samba.


O MOVIMENTO DO SAMBA FEMININO


A roda idealizada e composta integralmente por mulheres resgata o protagonismo feminino no universo do samba homenageando grandes poetas, cantoras, compositoras de ontem e hoje, por meio do movimento pela cultura popular carioca. Hoje ela se mantém produzida, idealizada, pensada, construída e tocada por mãos femininas, na rua. Gerando trabalho e renda mensal para artesões, trabalhadores e artistas locais. Movimentando a economia, trazendo famílias, abordando temas como: racismo, diversidade, luta antimanicomial, resgatando as memórias das mulheres que contribuíram e ainda contribuem para nossa cultura, além estimular outras mulheres a ocuparem espaços públicos tocando e cantando samba. Acreditamos no samba e na linguagem da rua como forma de estabelecer um novo momento para sambistas cariocas.


“Você tem um população de rua que pode se aproximar e curtir do mesmo jeito que alguém de uma cobertura de uma região nobre. A roda de samba é a cultura em sua forma mais livre, e é importante que nós, mulheres, possamos quebrar estigmas e ocupá-la”, diz Ana Priscila (percussionista)

Com o intuito de promover o protagonismo das mulheres na preservação da memória e na construção da cidadania, a Agência TheLírios já realizou uma série de produções audiovisuais, como o projeto Sambas e Dissembas, visando o registro da memória da música negra no Estado do Rio de Janeiro. Acreditamos que produção de conteúdos audiovisuais produzidos e protagonizados por mulheres negras contribuem para ampliar a representatividade feminina na produção cultural contemporânea brasileira. Além de possibilitar o acesso a visões de mundo sobre o samba, essa importante matriz cultural, que sobreviveu graças a atuação das mulheres, e que é fundamental para compreensão acerca da formação da identidade brasileira.

FONTE:


AUTOR:

Aline Lourena é atriz, cineasta, pesquisadora, diretora executiva e fundadora da TheLírios, É mestre em Comunicação e Cultura (PPGCOM-UFRJ), graduada em Audiovisual pela UFRJ, e formada em roteiro cinematográfico pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Responsável pela coletivo #Az_Pretaz - Mulheres Negras e Indígenas da Comunicação e da Tecnologia e apresentadora do programa de rádio, Na Onda das Pretas (Rádio MEC/EBC).

Instagram: @alinelourena

Facebook: @alinelourenaoficial

QUEM SOMOS

 

Fundada em 2009, a A TheLírios é uma empresa que integra a cadeia produtiva do audiovisual carioca com importantes trabalhos realizados para clientes privados e órgãos públicos, além de criar, produzir e realizar filmes e programas para diversas janelas de exibição.

  • Preto Ícone YouTube